Romanos 11

Romanos 11 é fundamental para entendermos o papel de Israel e da Igreja no plano de Deus, e como devemos nos posicionar em relação a esse assunto. Infelizmente percebo que na maioria das igrejas nada se menciona sobre o cumprimento das profecias relacionadas a Israel e a Igreja nos últimos dias. Ou pior, quando o assunto é mencionado a percepção é de que Israel já não faz mais parte do plano de Deus, ficando apenas a Igreja como alvo do cumprimento das profecias.

Meu objetivo aqui hoje é destacar alguns versículos do capítulo 11 de Romanos que considero fundamentais. Espero fazê-los refletir sobre o assunto, e abrir os olhos para os tempos em que vivemos.

“1 – Digo, pois: Porventura rejeitou Deus o seu povo? De modo nenhum; porque também eu sou israelita, da descendência de Abraão, da tribo de Benjamim.”

Logo no primeiro versículo Paulo deixa claro que Israel não foi rejeitado. Apesar dos judeus terem rejeitado Jesus, isso não invalida a fidelidade de Deus. Nós temos um Deus de aliança.

“11 – Digo, pois: Porventura tropeçaram, para que caíssem? De modo nenhum, mas pela sua queda veio a salvação aos gentios, para os incitar à emulação.

12 – E se a sua queda é a riqueza do mundo, e a sua diminuição a riqueza dos gentios, quanto mais a sua plenitude!”

Graças à queda de Israel, todo o restante da humanidade (gentios) teve acesso à salvação. Isso em nada contradiz o plano original de Deus. Para Abraão Deus disse o seguinte: “Em ti serão benditas todas as famílias da terra.”

“15 – Porque, se a sua rejeição é a reconciliação do mundo, qual será a sua admissão, senão a vida dentre os mortos?”

Este versículo é tremendo! Ele vincula a ressureição dos mortos, que acontecerá na volta de Jesus, à restauração da aliança com Israel

“18 – Não te glories contra os ramos; e, se contra eles te gloriares, não és tu que sustentas a raiz, mas a raiz a ti.”

Se você não é judeu, deve reconhecer que foi “enxertado”. A raiz continua sendo Israel.

“25 – Porque não quero, irmãos, que ignoreis este segredo (para que não presumais de vós mesmos): que o endurecimento veio em parte sobre Israel, até que a plenitude dos gentios haja entrado.”

Me parece que este segredo continua ignorado. Jesus disse aos discípulos em Mateus 24:14 “E este evangelho do reino será pregado em todo o mundo, em testemunho a todas as nações, e então virá o fim.” Podemos perceber que tudo está conectado: pregar o evangelho a todo mundo, a plenitude dos gentios ter entrado, a restauração de Israel e os últimos dias.

“26 – E assim todo o Israel será salvo, como está escrito: De Sião virá o Libertador, E desviará de Jacó as impiedades.”

Todo o Israel. Tanto a raiz quanto os ramos enxertados.

Em Mateus 23:39 Jesus disse o seguinte: “Porque eu vos digo que desde agora me não vereis mais, até que digais: Bendito o que vem em nome do Senhor.” Para quem ele estava dizendo isso? Para os judeus de Jerusalem (leia os versículos anteriores e confira). Em outras palavras, Jesus condiciona a sua volta ao fato dos judeus começarem a clamar pelo seu nome. Por quase dois mil anos esta profecia ficou impossibilidade de se realizar. Os judeus não estavam em Jerusalém. E mesmo que estivessem, a última coisa que se imaginaria seria um judeu clamar por Jesus. Quem estuda História sabe da constante inimizade entre Igreja e judeus (pesquise, por exemplo, a história das cruzadas).

Mas o cenário tem mudado rapidamente nos últimos anos. Na década de 40 a nação foi restaurada. E hoje já existem judeus convertidos à Jesus, os chamados judeus messiânicos. Em Israel são cerca de 15.000, sendo que só em Jerusalém existem cerca de 10 congregações que já clamam “Bendito o que vem em nome do Senhor!”.

Para você pensar: Eu tenho me preocupado com a volta de Jesus? Eu entendo as implicações da Sua volta? Como eu tenho lido e assistido às notícias sobre Israel e o Oriente Médio? A minha “teologia” inclui o entendimento bíblico sobre o papel de Israel? Eu tenho orado por Israel? (Gênesis 12:3)

“36 – Porque dele e por ele, e para ele, são todas as coisas; glória, pois, a ele eternamente. Amém.”

Para acompanhar as notícias da comunidade de judeus messiânicos em Israel, recomendo seguir este link: http://www.revistaimpacto.com.br/categoria/revive-israel

Anúncios

Sobre Wilson Moraes

Brasileiro, casado com a Maria José, pai do Gabriel, da Jordana e da Camila. Procurando servir a Deus de maneira intensa e verdadeira. Colocando minha vida a serviço do Seu Reino.
Esse post foi publicado em Romanos e marcado , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Romanos 11

  1. Ao irmão Wilson Junior
    Boa noite na presença e graça de Nosso Senhor Jesus Cristo.
    Sou da Estirpe de José, filho de Jacó.
    Romanos 11: 25 a 27 revela o cumprimento da Profecia e louvado seja esta bem-aventurança!
    Um abraço com apreço e que o Salmo 45 habite e faça morada em você e sua família (Maria José, Gabriel, Jordana e Camila.
    Escritor Habib Jacob / http://www.pensemos10cultura.com.br Bauru -SP
    (14) 9722-1047

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s