Salmo 19:1

“Os céus declaram a glória de Deus; o firmamento proclama a obra das suas mãos.”

Quem nunca se maravilhou ao olhar o céu noturno e se perguntou: Até onde isso vai? Quem, quando criança, nunca entrou em parafuso ao tentar compreender conceitos como “infinito” e “eterno”, ao colocar a cabecinha no travesseiro?

Hoje sabemos que nosso Sol é apenas uma entre bilhões de estrelas, muitas delas bem maiores, só em nossa galáxia, a Via Láctea. As distâncias imensas, em vez de serem medidas por quilômetros, são medidas em anos-luz. Um ano-luz corresponde à distância percorrida pela luz durante um ano. Em um segundo a luz percorre 300.000 km. Portanto, um ano-luz corresponde, aproximadamente, a  9.460.800.000.000 km. Pois apenas nossa galáxia tem um diâmetro aproximado de 100.000 anos-luz. E, pasmem, existem por aí bilhões de outras galáxias iguais à nossa. E os astrônomos ainda não conseguiram enxergar o limite disso tudo.

Diante desta vastidão questões sobre vida extraterrestre são levantadas. O argumento seria: “Se somos apenas nós, essa espaço todo aí fora é um tremendo desperdício!” Pessoalmente acredito que nada foi criado por acaso, mas com um propósito definido. Podemos não saber qual é, mas que há, isso há. Se vamos ou não futuramente explorar o Universo, isso vai depender muito do que faremos primeiro onde estamos, aqui, neste pequenino pedaço de rocha chamado Terra. E é justamente neste grão de areia em que vivemos é que Deus mostra interesse. Chega a ser escandaloso. O Deus deste imenso Universo, segundo sua Palavra, enviou seu único Filho para resgatar nossa espécie. E para que? De capa a capa na Bíblia, o objetivo de Deus foi sempre muito claro: estabelecer seu Reino nesta Terra!

Os céus tem seu objetivo: declarar a glória de Deus! A imensidão do Universo só demonstra que a glória de Deus também é imensa. Nada disso é desperdício.

Para você pensar: Qual o objetivo, propósito de nossa existência? Será que nossas vidas não estão sendo desperdiçadas? Não seria o caso de nos aproximarmos do Criador, para descobrir o que ele queria ao nos criar? Onde posso descobrir isso? Será que sua Palavra não teria alguma pista?

Anúncios

Sobre Wilson Moraes

Brasileiro, casado com a Maria José, pai do Gabriel, da Jordana e da Camila. Procurando servir a Deus de maneira intensa e verdadeira. Colocando minha vida a serviço do Seu Reino.
Esse post foi publicado em Salmos e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s