Romanos 5:3-4

“E não somente isto, mas também nos gloriamos nas tribulações; sabendo que a tribulação produz a paciência, e a paciência a experiência, e a experiência a esperança.”

Hoje fomos surpreendidos pela trágica notícia da chacina em uma escola em Realengo, Rio de Janeiro. Algumas semanas atrás todos fomos testemunhas da tragédia que se abateu sobre o Japão, vítima de um terremoto, de um tsunami e de um acidente nuclear. Diariamente recebemos notícias de guerras e de suas tristes consequências. Estes e outros eventos que ocorrem no planeta, até com uma frequência crescente e preocupante, sempre nos levam a pensar sobre o problema do sofrimento. É impossível imaginar como os pais de uma criança assasinada em um escola se sentem. É impossível ter a noção do que seja ter toda sua vida destruida por um evento da natureza, e ainda ter que juntar forças para recomeçar, muitas vezes sem a presença de parentes e amigos queridos. Um câncer que, de repente, surge e consome toda a nossa saúde, paz e recursos. Um desemprego e uma crise financeira inesperada. Uma crise no casamento. A dor de se perder um parente querido.

Onde está Deus nessa história toda? Qual o motivo de tanto sofrimento? Se Deus é um Deus de amor e justiça, qual a razão de tantos inocentes sofrerem e morrerem? O texto acima nos dá uma noção da atitude correta que devemos ter diante dessas situações. Paulo fala sobre “nos gloriarmos na tribulação“.

Mas eu só posso me gloriar na tribulação se eu crer na soberania de Deus, se eu crer que Deus não perdeu o controle da situação. Ele esteve, está e sempre estará no comando. Ele poderia ter impedido o disparo da arma de um maníaco? Ele poderia ter impedido um terremoto? Com certeza sim. Mas Ele não o fez. Podemos não entender o motivo, mas com certeza Ele tem um motivo. Podemos nos rebelar e nos indignar contra Ele. Mas será que temos compreensão de tudo o que está envolvido? Existem eventos que não dependem de Deus. São frutos da maldade do coração do homem. E se Ele revogar o livre arbítrio da humanidade, mesmo que para nos beneficiar, ele deixa de ser Deus. Ele não viola os princípios que Ele mesmo estabeleceu. Outros eventos nós simplesmente não temos capacidade de compreensão. Podemos apenas confiar em Deus.

Leia Habacuque 3:17-18 e veja a confiança que aquele profeta tinha em Deus.

Para você pensar: Você está pronto para compreender que Deus é soberano, independentemente de qualquer situação? Você tem coragem de viver essa aventura, que é confiar em Deus totalmente?

Anúncios

Sobre Wilson Moraes

Brasileiro, casado com a Maria José, pai do Gabriel, da Jordana e da Camila. Procurando servir a Deus de maneira intensa e verdadeira. Colocando minha vida a serviço do Seu Reino.
Esse post foi publicado em Romanos e marcado , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s