Mateus 25:14-15

“Porque isto é também como um homem que, partindo para fora da terra, chamou os seus servos, e entregou-lhes os seus bens. E a um deu cinco talentos, e a outro dois, e a outro um, a cada um segundo a sua capacidade, e ausentou-se logo para longe.”

Esta parábola dos talentos deve ser uma das mais pregadas. Gostaria de chamar sua atenção para os seguintes pontos que podemos observar nesta passagem:

1. Deus nos dá talentos. Nós doamos nosso tempo em prol dos talentos. No fim das contas seremos cobrados pelo que fizemos com nosso tempo. O servo que recebeu um talento, e o enterrou, ficou fazendo o quê? Provavelmente era algo tão sem importância que nem mereceu ser registrado. Ele perdeu tempo.

2. Cada um tem sua capacidade. Não é minha preocupação comparar a minha capacidade com a capacidade de outro. Cada um será cobrado proporcionalmente ao potencial que poderia ter desenvolvido. Precisamos reconhecer qual é a nossa capacidade para não nos cobrarmos além daquilo que podemos, e nem nos conformarmos aquém do nosso potencial.

3. Não é errado ficar orgulhoso de seu bom trabalho. “Deus, fiz o melhor que pude com o que o Senhor me deu.” E da parte de Deus, com certeza você ouvirá um elogio: “Servo bom e fiel”. Esse orgulho é santo, desde que você reconheça que o talento vem de Deus.

4. Precisamos assumir nossa responsabilidade. Apontar o dedo para outros ou até mesmo para Deus não nos exime de nossa negligência com aquilo que foi depositado em nossas mãos. É sinal de maturidade espiritual reconhecer as falhas. Só assim podemos mudar posicionamentos. Dar desculpas faz com que atitudes erradas criem raízes.

5. Ninguém termina como começou. O que tinha 1 talento ficou sem nenhum. O que tinha 2 terminou com 4. E o que tinha 5 terminou com 11. Ou você desenvolve sua vida espiritual, ou regride. Não há meio termo, nem espaço para comodismo.

Para você pensar: O que você tem feito com o talento que recebeu? Qual a desculpa usada para não desenvolvê-lo? Quanto esforço tem colocado em prol do Reino de Deus? Você tem assumido a responsabilidade pelos talentos recebidos?

Anúncios

Sobre Wilson Moraes

Brasileiro, casado com a Maria José, pai do Gabriel, da Jordana e da Camila. Procurando servir a Deus de maneira intensa e verdadeira. Colocando minha vida a serviço do Seu Reino.
Esse post foi publicado em Mateus e marcado , , , . Guardar link permanente.

Uma resposta para Mateus 25:14-15

  1. Pingback: Jó 1:20-21 | Para Você Pensar

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s