Isaías 5:20-21

“Ai dos que ao mal chamam bem, e ao bem mal; que fazem das trevas luz, e da luz trevas; e fazem do amargo doce, e do doce amargo! Ai dos que são sábios a seus próprios olhos, e prudentes diante de si mesmos!”

Parece uma coisa ilógica fazer tal inversão de valores, mas se pensarmos bem, veremos que esse é um fato cada vez mais comum. Há muitas variações da Verdade. Mas apenas uma Verdade. E cada uma das variações da Verdade só podem ser chamadas de mentira. Muito mais do que um assunto filosófico, a constatação desse fato nos traz um alerta muito importante: Será que não temos pautado nossas vidas por meias verdades (que de fato são mentiras inteiras)?

É justamente na aparência da Verdade que habita o poder da mentira. Uma mentira totalmente oposta à Verdade é facilmente derrotada por argumentos. Mas e quando os argumentos usados são tão convincentes e parecidos com a Verdade? E quando esses argumentos, mesmo sendo enganosos, nos atraem, por satisfazer nossos desejos secretos (também chamados de pecados)? Geralmente esses argumentos são parecidos: “Vivemos hoje em um mundo moderno”. “Temos que nos adaptar às mudanças”. “Não podemos ser tão bitolados”. “Será que precisamos ser tão rígidos assim?”. E a pior de todas: “Hoje tudo é relativo”. Ora, se tudo é relativo, então cada um tem sua própria verdade, e cada um tem em si a resposta para tudo.

É justamente esse alerta que o profeta Isaías faz no versículo acima. Ele faz um aviso aos “sábios aos seus próprios olhos“. A pessoa que se considera sábia, de acordo com argumentos falsos, também pode ser chamada de alienada. Ela vive uma realidade própria, um “universo paralelo”, onde a Verdade (com letra maiúscula) deu lugar a uma outra verdade, baseada no engano.

Observe ao seu redor. Observe o mundo em que vivemos. Você vai perceber que somos bombardeados diariamente por essas meias verdades, conceitos tortos que trazem em si a distorção da Verdade. Vidas estão em risco, mas ninguém parece se importar. A iniquidade se torna regra, e os que são contra a iniquidade é que são considerados alienados. Conceitos fundamentais, como a família, já estão ultrapassados.

Deus procura um povo que esteja disposto a confrontar o engano, ser firme diante de suas convicções, e ficar inabalável na defesa da Verdade. Para isso precisamos vigiar nossas reais intenções e premissas, sabendo que a Verdade é uma Pessoa, e que essa Pessoa está à nossa disposição para não cairmos no engano.

Para você pensar: O que é a Verdade para você? Você tem coragem de viver apenas pela Verdade? Há em você essa disposição de lutar pela Verdade? Você já conhece o Caminho, a Verdade e a Vida?

Anúncios

Sobre Wilson Moraes

Brasileiro, casado com a Maria José, pai do Gabriel, da Jordana e da Camila. Procurando servir a Deus de maneira intensa e verdadeira. Colocando minha vida a serviço do Seu Reino.
Esse post foi publicado em Isaías e marcado , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s