Lucas 6:38

“Dai, e ser-vos-á dado; boa medida, recalcada, sacudida e transbordando, vos deitarão no vosso regaço; porque com a mesma medida com que medirdes também vos medirão de novo”

Um agricultor sabe que se ele comer toda a colheita, e não reservar uma parte para a próxima plantação, ele até pode se fartar em um primeiro momento, mas no futuro vai passar fome. Essa é a tão famosa e comentada “lei da semeadura”. É uma lei estabelecida por Deus, e revela uma parte de seu caráter e a maneira como deve ser nosso procedimento.

O próprio Jesus deu o maior exemplo possível, deixando a glória que ele tinha junto a Deus, não apenas para viver uma vida simples, mas para morrer de uma maneira reservada para o mais vil criminoso. Mas o que ele colheu depois disso…

Quero aqui deixar meu testemunho sobre essa lei. Alguns anos atrás eu trabalhava no interior do país, e em alguns momentos tive chefes que eram, digamos, difíceis de se conviver. Eu trabalhava muito, não recebia hora extra, me sentia explorado e pouco reconhecido. Aquela situação me deixava muito revoltado. Eu chegava em casa, e minha esposa era obrigada a me ouvir reclamar do dia, dos colegas, do meu chefe. Por fim, decidi que não iria mais trabalhar de graça. Passaria a cumprir exatamente meu horário de trabalho e faria somente aquilo que estivesse sob minha responsabilidade. Pensava eu que assim seria justo comigo mesmo, e passaria a me sentir melhor. Mas não me senti. Pelo contrário. Passei a me sentir cada vez mais “árido”, rancoroso, até mesmo intratável. Hoje posso dizer que perdi um tempo precioso da minha vida com essa atitude. Foram anos sem crescimento e sem ser abençoado.

Um dia Deus falou comigo claramente. Em um momento em que estava colocando essa situação diante dele, senti como se fosse uma bofetada: “Eu não devo nada a ninguém. Não faça mais para homens. Faça para mim.” Naquele momento vi claramente que minha atitude não estava correta. Eu estava retendo meu talento, não fazendo aquilo que deveria fazer, e isso estava me deixando seco e estéril. A partir daquele dia mudei minha atitude. Deixei de fazer coisas esperando ser reconhecido ou elogiado por alguém. Passei a fazer para Deus. E as coisas começaram a mudar de uma maneira impressionante. De uma maneira que só pode ser entendida por intervenção divina, passei a colher aquilo que plantei.

Hoje fico até constrangido em como Deus tem me abençoado. Não tenho certeza se plantei tanto assim, para ter tão boa colheita. Mas uma verdade eu tenho experimentado: Deus realmente não fica devendo nada a ninguém. Desde que tenhamos a atitude certa, e um coração totalmente voltado para Deus (e não para as bençãos de Deus), Ele sempre será fiel com a sua Palavra, e vai te dar uma boa medida, recalcada, sacudida e transbordando.

Para você pensar: Será que você tem dado o seu melhor, seja qual for sua área de atuação? O que você faz, faz esperando reconhecimento de alguém ou de Deus? Você está disposto a experimentar e viver a “lei da semeadura”?

Anúncios

Sobre Wilson Moraes

Brasileiro, casado com a Maria José, pai do Gabriel, da Jordana e da Camila. Procurando servir a Deus de maneira intensa e verdadeira. Colocando minha vida a serviço do Seu Reino.
Esse post foi publicado em Lucas e marcado , , , , . Guardar link permanente.

4 respostas para Lucas 6:38

  1. David disse:

    Mais uma vez essa palavra fala ao meu coração. =D
    Deus te abençoe!!

  2. Abed Razak Faré disse:

    A Palavra de Deus é viva e eficaz e mais cortante do que qualquer espada de dois gumes, e penetra até oa ponto de dividir a alma e espírito, juntas e medulas, e apta para discernir os pensamentos e propósitos do coração. Hebreus 4.12

  3. Luiz Carlos disse:

    Na verdade essa palavra não tem nada a ver com prosperidade. Ela fala do julgamento precipitado que possamos ter em relação ao próximo. O contexto é bem claro. Jesus se referiu aos que julgam sem fundamentos ou que não olham seus próprios erros. Se julgamos podemos receber de tal forma que pode ser até maior do que demos. leiam MT. 7.1-5 e terão o verdadeiro significado da passagem.

  4. Felipe Fernandes disse:

    Deus a cada momento nos coloca a prova; será que nos estamos sendo aprovado pelas as nossas atitudes?
    Muitas das vezes buscamos fazer algo pensando apenas na recompensa, no reconhecimento, e esquecemos de fazer por amor…
    Mais Deus nos convida todos os dias para um arrependimento e uma renovação em nosso caminhar com Ele!!!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s