2 Crônicas 16:12

“E, no ano trinta e nove do seu reinado, Asa caiu doente de seus pés, a sua doença era em extremo grave; contudo, na sua enfermidade, não buscou ao Senhor, mas antes os médicos.”

Os capítulos 14, 15 e 16 de 2 Crônicas nos contam a história de Asa, rei de Judá. Quarto rei descendente direto de Davi, Asa teve um excelente início de reinado, conforme podemos ver nos capítulos 14 e 15. No capítulo 14, versículo 2, diz que ele “fez o que era bom e reto aos olhos do Senhor seu Deus.” No começo do capítulo vemos que ele promoveu um retorno ao culto ao Senhor, removendo os altares dos deuses estranhos. Também fortificou várias cidades de Judá, “pois a terra estava em paz” e “o Senhor lhe dera repouso” (versículo 6).

No final do capítulo 14 vemos um momento marcante em seu reinado, onde a fé e a confiaça de Asa no Senhor foram colocadas à prova. Diante de um exército etíope de “um milhão de homens e trezentos carros” (versículo 9), e contando com um exercíto que chegava a pouco mais da metade disso (versículo 8), Asa fez uma das orações que mais demonstram fé e confiança em toda a Bíblia (versículo 11). Como resultado, o Senhor promoveu uma grande vitória ao povo de Judá, vitória considerada impossível aos olhos humanos.

O capítulo 15 continua mostrando a correta atitude de Asa para com o Senhor, descrevendo um momento de avivamento para o povo de Judá. Asa, em resposta a uma palavra profética, promoveu a renovação da aliança entre o povo e o Senhor. “Entraram em aliança para buscarem o Senhor, Deus de seus pais, de todo o coração, e de toda a sua alma.” (versículo 12).

Se a história terminasse aqui, Asa teria sido contado entre aqueles poucos reis que seguiram a Deus de forma correta, e teria terminado seus dias como um rei que “era bom e reto aos olhos do Senhor seu Deus“. Mas não foi isso o que aconteceu.

No capítulo 16 o reino de Judá sofreu um bloqueio militar promovido pelo reino de Israel, impedindo o trânsito de pessoas entre Judá e Israel. Pense bem: O que é mais difícil aos olhos humanos? Vencer um exercíto de um milhão de pessoas, ou vencer um bloqueio militar? Será que a experiência anterior não havia ensinado a Asa a depender totalmente do Senhor? Pois Asa, dessa vez, resolveu não confiar no Senhor e na aliança que havia sido estabelecida, e buscou uma nova aliança, dessa vez com o rei da Síria (versículo 2).

A aliança com a Síria surtiu o efeito desejado, mas Asa recebeu uma palavra profética de repreensão por não ter confiado no Senhor (versículos 7 a 9). De forma inexplicável, o coração de Asa se endureceu, se enfureceu contra o profeta, lançando-o no cárcere, e ainda oprimiu alguns do povo (versículo 10). E a história de Asa acaba de forma triste, com uma doença grave dos pés, mas sem buscar ao Senhor.

A história de Asa nos faz pensar. Não importa como sua história começa, mas sim como termina. Não adianta nada ter experiências fortes com Deus, ver e testemunhar seu livramento, mas em algum ponto de sua vida você perder essa fé e confiança no Senhor. Muito mais importante do que ter experiências com o Senhor, precisamos nos preocupar em manter um relacionamento íntimo com ele. Mateus 7:22-23 nos faz esse mesmo alerta. Em algum ponto o orgulho entrou no coração de Asa, impedindo-o de continuar a depender do Senhor. Isso foi o início de sua queda.

Para você pensar: Você tem experimentado confiar no Senhor em todas as situações? Você já viu e experimentou o livramento do Senhor? Até que ponto essas experiências tem sido motivo de orgulho para seu coração? Você se preocupa em manter um relacionamento íntimo, diário e intenso com o Senhor, fruto de um coração totalmente quebrantado?

Anúncios

Sobre Wilson Moraes

Brasileiro, casado com a Maria José, pai do Gabriel, da Jordana e da Camila. Procurando servir a Deus de maneira intensa e verdadeira. Colocando minha vida a serviço do Seu Reino.
Esse post foi publicado em 2 Crônicas e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

8 respostas para 2 Crônicas 16:12

  1. é muito forte, é a 1º vez que leio e medito nesta passagem e muito falou ao meu coração e estou disposta a tirar todos altares que abomina o senhor e a cada dia fazer com que o altar do senhor cresça mais e mais na minha vida

  2. Nilson monteiro disse:

    Que a graça e a paz de Deus , o nosso pai Eterno , e do Senhor Jesus Cristo estejam com vocês! Amados a maior decepção que tive na vida foi justamente quando deixei de confiar no Eterno pai , o Eterno me abriu uma porta de emprego e me sustentou dentro dele , em uma ocasião usou a boca de um irmão para me dizer que estava alegre comigo, pois havia deixado a violência de lado e outras práticas erradas ; disse que se eu permanecesse na presença Dele me honraria com varias promoções , emfim ao invés de confiar na promessa , busquei um atalho e fui parar dentro de um tribunal para ser parcialmente culpado , a dor e a vergonha do Eterno pai , foi terrível . ” irmãos ! se queremos ser vistos pelos homens , temos que permanecer verdadeiros na presença de Deus . um abraço a todos os irmãos.

  3. Pastor lubalo disse:

    Muito forte devemos confiar em Deus ate ao fim não importa por menor que seja o problema ou maior que seja a situação Deus e´ sempre Deus .

  4. janayna do rosario disse:

    muito bom o estudo e nos faz pensar muito a respeito de como estamos servindo ao Senhor

  5. Rodrigo disse:

    Bênção!!!!

    O problema é que muitas vezes recorremos ao Senhor somente quando estamos passando por provações e nos esquecemos facilmente de todos os milagres que Ele vez por nós. Muitas vezes nos achamos alto-suficientes quando na realidade somos totalmente dependentes dEle. Para terminarmos bem: Mt. 26:41 – Vigiai e Orai…
    Forte Abraço
    Deus abençoe sua vida!

  6. nilson disse:

    O segundo livro de crônicas traz histórias muito interessantes sobre os reis a história de Asa é uma mensagem para que nós paramos para refletir sobre como somos ingratos e deixamos nos influênciar sobre muitas coisas que nos dizem e quando DEUS coloca a nossa fé em ação muitas vezes caímos nesse capítulo refletimos se Asa tivesse confiado no Senhor é não interrompesse sua aliança com Deus.

  7. nadia conceição de freitas gomes disse:

    Amados temos que deixar de ser inseguros.e confiar plenamente no senhor não nos abalarmos com qualquer noticia , saber dár graças tanto nos dias maus e nos boms e nunca deixar o senhor de lado, saber que ele esta no controle de tudo ,todos os dias pertence a ele .
    Então não desanime e quando vier qualquer enfermidade em nós é só não aceitar e mandar
    embora e rejeitar .”Doença eu te mando embora e te rejeito em nome de JESUS”
    Nádia conceição de freitas 9/10/2016

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s