Gênesis 1:26-28

“E disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança; e domine sobre os peixes do mar, e sobre as aves dos céus, e sobre o gado, e sobre toda a terra, e sobre todo o réptil que se move sobre a terra. E criou Deus o homem à sua imagem: à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou. E Deus os abençoou, e Deus lhes disse: Frutificai e multiplicai-vos, e enchei a terra, e sujeitai-a; e dominai sobre os peixes do mar e sobre as aves dos céus, e sobre todo o animal que se move sobre a terra.”

Qual o objetivo da sua vida? Para quê você foi criado? Quem é você?

Estas perguntas te rondam, pelo menos em algum período da sua vida. Nestes períodos você se questiona qual o sentido de tudo, para qual motivo você está na face da Terra. Se você é jovem, pode se perguntar sobre como tomar decisões que afetarão positivamente seu futuro. Se for uma pessoal adulta, pode se deparar, de repente, com uma necessidade de reavaliar seus propósitos e objetivos de vida. Se for de mais idade, pode ser que esteja se perguntando se tudo valeu a pena, se sua vida foi bem aproveitada. De qualquer maneira, essas dúvidas tem raízes nesta pergunta: Quem realmente somos?

Você pode se definir de várias maneiras. Sou jovem ou sou velho. Sou solteiro ou sou casado. Homem ou mulher. Pai, mãe, filho ou filha. Rico ou pobre. Bem instruído ou não. Calmo ou nervoso. Dependendo do momento em que vivemos, ou do ambiente em que estamos, podemos assumir variados papéis. Líder ou seguidor. Aluno ou professor. Influente ou influenciável. Ativo ou reativo. Ponderado ou intrépido.

Com tantas variáveis envolvidas, podemos nos perder em nós mesmos, e criarmos uma situação de indefinição interna. E se nos sentimos indefinidos em relação a nós mesmos, como poderemos exercer o papel que de nós é esperado? Como saber se estamos alcançando nosso objetivo na vida?

Para responder a esta pergunta precisamos voltar à nossa origem. Nada melhor do que a opinião de quem nos criou para esclarecermos estas dúvidas. E é em Gênesis que descobrimos o propósito original de Deus para a humanidade.

Façamos…

O Deus plural te criou. Esta primeira verdade é fundamental. Você não é fruto do acaso. Você é fruto da vontade de expressão do Criador. E a ação está no plural. Este Criador não fez nada sozinho. O evangelho de João, logo no seu primeiro versículo, mata a charada: “No princípio era o Verbo, e o Verbo estava com Deus, e o Verbo era Deus. Ele estava no princípio com Deus. Todas as coisas foram feitas por ele, e sem ele nada do que foi feito se fez.” (João 1:1-3). A humanidade foi feita por Jesus, em parceria com o Pai e o Espírito Santo. Ele estava lá! E você é projeto dele!

…à nossa imagem, conforme a nossa semelhança…

Somos criados por Deus, mas há algo que nos diferencia, e muito, do restante da criação. Temos em nós algo da imagem e semelhança do Criador. Eu sei que se olharmos para o ser humano hoje, é muito difícil distinguir alguma coisa de divino. Sejamos francos. Olhe para o espelho e tente identificar a centelha divina em você. Por vezes é realmente difícil ver a riqueza enterrada no meio de tantas coisas que nos envergonham. Mas ela está lá. Logo após o dilúvio, na época de Noé, há um versículo interessante em Gênesis 9:6 : “Quem derramar o sangue do homem, pelo homem o seu sangue será derramado; porque Deus fez o homem conforme a sua imagem.” Mesmo com a humanidade pecando a ponto de Deus resolver destruí-la por meio do dilúvio, esta verdade ainda assim permaneceu: Somos criados conforme a imagem de Deus.

…domine … sujeitai-a …

Outro ponto que nos diferencia do restante da criação é que fomos colocamos em uma posição de comando neste planeta. Deus poderia governar diretamente o Planeta Terra, mas escolheu um canal para isso. Fomos criados à imagem do Criador para que o restante da criação pudesse ver espelhada na humanidade todos os atributos deste Criador. A autoridade da humanidade sobre a criação só tem sentido e propósito se for exercida em submissão a quem estabeleceu esta cadeia de comando. Só em comunhão com Deus poderemos espelhar os atributos divinos.

Jesus certa vez disse: “Quem me vê a mim vê o Pai.” (João 14:9). Jesus, o Deus-Homem, cumpriu o propósito original do homem. Este é o principal objetivo da criação do homem. Não somos criados para estar no mesmo nível de Deus, como a serpente almeja (veja Gênesis 3:5), nem no mesmo nível da criação. Temos uma função a ser exercida neste planeta. E esta função será plenamente exercida quando o Deus-Homem voltar para reivindicar o total domínio sobre a criação, que ele adquiriu por um preço muito alto.

Para você pensar: Se a criação geme (Romanos 8:22) não seria por causa da má atuação da humanidade como intermediária entre Deus e a criação? Com que frequência as pessoas olham para você e conseguem perceber algum atributo divino? O que você faz hoje está te preparando para auxiliar no futuro governo do Deus-Homem?

Anúncios

Sobre Wilson Moraes

Brasileiro, casado com a Maria José, pai do Gabriel, da Jordana e da Camila. Procurando servir a Deus de maneira intensa e verdadeira. Colocando minha vida a serviço do Seu Reino.
Esse post foi publicado em Gênesis e marcado , , , , , , , , . Guardar link permanente.

11 respostas para Gênesis 1:26-28

  1. fabio disse:

    Muito bom!!!

  2. Celso Pereira disse:

    Esse texto é um dos textos mais complexo,observamos o que diz a escritura:
    Gen.1,27 E criou Deus o homem à sua imagem;à imagem de Deus o criou;macho e femea os criou.
    Acredito que por esta craseado (à imagem) entendo que o homem foi criado (para DEUS) conforme acentuação(à) e ratificando na parte b do versiculo o texto nos mostra que o homem foi realmente criado para Deus.(à imagem de Deus o criou.) logo para a imagem de Deus fomos criados.
    Fomos criados para Deus.

    • Claudia disse:

      Muito boa a sua interpretação à luz da palavra.

      Para se sujeitar honrar e adorar a Deus em todo o tempo. ( fato que não temos visto mais em nossa Geração) Infelizmente o homem se perdeu na Religiosidade.

      Graça e Paz

  3. Claudia disse:

    Muito boa a sua Interpretação à luz da Palavra… amém

    Graça e Paz

  4. Claudia disse:

    Wilson , em qual cidade você mora ?

  5. gilsonlima disse:

    Desde o princípio O homem sempre formou algo para adorar porque é incapaz de adorar o que
    Não vê

  6. Ramos disse:

    O texto é complexo, mas você andou bastante em direção às profundezas da palavra…

  7. a pergunta a ser respondida é sobre o o que é gênesis, o que significa, para mim gênesis significa o principio, porque tudo começa com ele e a história tanto da criação quanto a formação do mundo, na bíblia diz que jesus é o principio e fim, o alfa e omega. o verbo e o plural.

  8. Lettícia disse:

    Bom, gostaria de sua ajuda em um dilema que estou tento… Tanto no versículo 27 quanto no versículo 28 é usado o plural “…macho e fêmea OS criou…” (Gn 1.27b), “… e Deus LHES disse: Frutificai, e multiplicai- VOS…” (Gn 1.28a). Enfim, a Quem se refere este plural, sendo que Eva ainda não havia sido criada? ( a mulher propriamente dita só é citada a partir do versículo 18 em diante)
    Desculpa, apesar de desde mais nova ser Evangélica, tenho diversas questões, principalmente agora que decidi tomar um novo rumo na caminhada Cristã! Por favor, me ajuda!! ‘_’

    • Wilson Moraes disse:

      Olá, Lettícia,
      Peço a Deus que te ilumine cada vez mais na sua caminhada.
      Em relação ao texto nós precisamos entender que os primeiros capítulos de Gênesis (que abordam a criação) não tem o objetivo de seguir uma ordem cronológica perfeita. Quando Moisés, o provável autor, escreveu esse livro ele recolheu relatos que já circulavam a muito tempo, de pais para filhos, dentro da cultura hebraica. O que os historiadores e linguistas concordam em dizer é que na verdade a criação é contada de duas maneiras diferentes nos capítulos 1 e 2. A verdade é que essa sua dúvida ainda é discutida nos meios acadêmicos, mas mesmo assim isso não afeta de maneira nenhuma minha crença de que as Escrituras são obra de Deus, como disse o apóstolo Paulo, “toda a Escritura é divinamente inspirada, e proveitosa para ensinar, para redargüir, para corrigir, para instruir em justiça” (2 Tim 3:16).
      Espero ter ajudado.
      Um grande abraço e fica na Paz!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s